Resgate e Reprodução de Sementes de Milho Crioulo no Assentamento Vale da Esperança

O presente trabalho apresenta um relato sobre o plantio de milho crioulo da variedade cunha no assentamento Vale da Esperança, localizado no município de Santa Teresa-ES, em área de responsabilidade da família Melo. A ideia surgiu de um projeto da matéria de Grandes Culturas do curso de Agronomia do Instituto Federal do Espírito Santo campus Santa Teresa. Através do plantio de sementes crioulas junto à família, rodas de conversas e reuniões buscou-se incentivar a procura por um modelo de agricultura que se oponha à atual “agricultura moderna”, que se apropria e manipula as riquezas do campo. Em reunião com a família, foi apresentada a ideia, e proposto o plantio do milho cunha, com o objetivo de resgatar parte da agrobiodiversidade no assentamento, além de testar a adaptação da variedade na região, e de fomentar o conhecimento agroecológico local. As sementes apresentaram boa germinação, a variedade se mostrou resistente à pragas, doenças e ao estresse hídrico e mostrou alto rendimento devido ao formato das espigas e dos grãos, quanto ao porte das plantas foi alto, além de apresentar alta incidência de caruncho, a variedade necessita ainda de uma seleção para melhor uniformidade genética das sementes. Foram produzidas sementes que irão ser plantadas novamente, além de boa quantidade de grãos que está sendo utilizada na alimentação humana e de animais de pequeno porte.

Resgate e Reprodução de Sementes de Milho Crioulo no Assentamento Vale da Esperança

DOI: 10.37572/EdArt_29042134720

Palavras chave: Plantio, conhecimento agroecológico, agrobiodiversidade, sementes

Keywords: planting, agroecological knowledge, agrobiodiversity, seeds

Abstract:The present work presents a report on the planting of creole corn of the wedge variety in the Vale da Esperança settlement, located in the municipality of Santa Teresa-ES, in area of ​​responsibility of the Melo family. The idea came from a project on the subject of Great Cultures of the Agronomy course at the Federal Institute of Espírito Santo on the Santa Teresa campus. Through the planting of Creole seeds with the family, conversations and meetings, we sought to encourage the search for an agricultural model that opposes the current “modern agriculture”, which appropriates and manipulates the riches of the countryside. In a meeting with the family, the idea was presented, and the planting of wedge corn was proposed, in order to rescue part of the agrobiodiversity in the settlement, in addition to testing the adaptation of the variety in the region, and to foster local agroecological knowledge. The seeds showed good germination, the variety was resistant to pests, diseases and water stress and showed high yield due to the shape of the ears and grains, the size of the plants was high, in addition to presenting a high incidence of weevils, the variety it still needs a selection for better genetic uniformity of the seeds. Seeds were produced that will be planted again, in addition to a good amount of grains that are being used in human and small animals.      

Autores

  • Luis Pedro Alves Gonçalves