Torcer, Retorcer, Distorcer e Destorce: notas sobre futebol, homofobia e pertencimento

O presente texto faz algumas incursões acerca da assistência do futebol e suas relações com as questões de gênero e sexualidade, problematizando e fomentando uma reflexão crítica e atual sobre o torcer como possibilidade de lazer, como espaço de afirmação de uma masculinidade hegemônica, cujas práticas denotam uma suposta universalidade da dominação masculina sobre o feminino e sobre outras formas de ser masculino.  As notas estão dispersas na introdução e subtítulos do trabalho, apresentando através de enunciações a temática proposta. 

Torcer, Retorcer, Distorcer e Destorce: notas sobre futebol, homofobia e pertencimento

DOI: 10.37572/EdArt_28012126210

Palavras chave: futebol; gênero; torcer; torcida

Keywords: soccer; gender; support; fans

Abstract:This paper makes some incursions on soccer assistance and its relations with the issues gender and sexuality, questioning and fostering a critical and current reflection on the support soccer of leisure, as an affirmation space of a hegemonic masculinity, whose practices show a supposed universality of male dominance about women and about other ways to be male. The notes are scattered in the introduction and captions work, presenting through enunciations the proposed theme.

Autores

  • José Aelson da Silva Júnior